OndeHospedar
Busca:  

Guia de hoteis pousadas e mais turismo em Propriá/SE

Brasil->Sergipe->Propriá
Compartilhe esta pagina no Twitter OndeHospedar no Google+ Compartilhe esta pagina no Pinterest Compartilhe esta pagina no Facebook
OHinho

1
1
Propriá é um município do estado de Sergipe.
Propriá tem tradição na fabricação de doces típicos .Destaque para o doce de batata, considerado o melhor do Estado de Sergipe. Propriá já foi a segunda economia do Estado de Sergipe e liderava o comércio atacadista do Baixo São Francisco.

 

Hotéis e pousadas em Propriá

Patrocinio

Sobre Propriá

Praias de água doce à beira do rio São Francisco, passeios de to-to-tó com direito a apreciar um pôr-do-sol, conhecer o largo da Catedral Diocesana e degustar um bom pirão de pitu acompanhado dos conhecidos doces de batata da região são-franciscana são alguns dos atrativos para quem quer visitar Propriá, a Princesinha do Baixo São Francisco, situada a 96 Km de Aracaju.
A cidade é um dos poucos municípios sergipanos que já nasceu vocacionada para o turismo. O passeio deve começar pela orla da cidade e o largo da catedral. No largo fica a Catedral Diocesana em estilo gótico, uma das únicas do interior de Sergipe. Do lado direito, velhos casarões, resquícios da colonização européia, que conferem a Propriá uma beleza diferente. Na esquina, entre a rua da Palma e o largo da Catedral, o casarão da família Seixas foi totalmente recuperado por novos proprietários. Na frente, um outro casarão revestido com azulejos português, que pertencente a família Chaves e que hoje funciona o Centro Turístico de Cultural e Arte Florival Santos. Conhecer o largo renderá uma boa fotografia.
Na década de 50, Propriá era considerada uma das principais cidades do Estado. Ironicamente, com a construção da ponte de Integração Sergipe-Alagoas sob a BR 101 em 1972, iniciou-se seu declínio econômico.

Foto de Propriá

foto de Propriá

O clima é favorável a uma caminhada pela orla ribeirinha sentindo a brisa do “Velho Chico”. Com certeza o visitante irá se apaixonar pelo colorido das roupas das lavadeiras que sempre estarão dispostas a contar uma lenda sobre a região. Contemple o pôr do sol do interior sergipano, principalmente quando na margem do rio São Francisco.

OndeHospedar © 2017 w3c