Menu

Textos Descritivos


Estes são diversos textos onde o hoteleiro descreve seu estabelecimento:

Descrição
a comida é o que vem na rede do pescador.

o peixe ainda vem salgado de mar. o caminho é curto até a cozinha da tati. o tempo faz mudar o que vem nas redes e varas dos pescadores: anchova, baquara, carapeva; no inverno tem sororoca; mas pargo, vermelho, robalo e garoupa são dos que têm todo tempo. e se faz na brasa, no forno, no caldo. seu cirilo, morador de picinguaba, abastece a pousada com banana, cacau, farinha de mandioca, cambuci, palmito pupunha e o que mais a floresta der em seu quintal. de catuçaba, também chegam os alimentos que nascem da fazenda. pescadores amigos da pousada trazem as famosas vieiras de picinguaba recém pescadas e, vez por outra, ainda ficam para abrir as conchas para os hóspedes.
Sobre o que há próximo ao estabelecimento
em tupi-guarani, picinguaba quer dizer ?refúgio dos peixes?. a pousada picinguaba está localizada em uma tranquila baía no coração do parque natural da mata atlântica ? floresta tropical e costeira, que se estende entre o rio de janeiro e são paulo ? em uma pequena vila de pescadores na região de ubatuba e à meia hora de carro de paraty. aos olhos, picinguaba surge como uma porta de entrada para um brasil antigo, reconhecida pela unesco como patrimônio cultural mundial. em picinguaba tudo parece estar em perfeita harmonia. a força suave do vento, que faz o movimento dos barcos no mar e redesenha a linha do horizonte a cada pôr-do-sol, é a mesma que faz voar as folhas das árvores. a sabedoria caiçara é conhecedora de terra e mar. as pessoas se alimentam do que vem na rede do pescador, respeitam os quereres da terra.

 

OndeHospedar © 2019.